Política

Amigos e correligionários se despedem de Rubens Recalcatti

O corpo do deputado Rubens Recalcatti, morto na noite de sexta-feira por ataque cardíaco fulminante, foi velado por familiares e poucos amigos, por causa da pandemia.

Depois, foi levado num carro do Corpo de Bombeiros até o Cemitério de Santa Felicidade.

Na saída da Capela do Vaticano, amigos, familiares, correligionários e policiais bateram palmas em uma cerimônia de despedida.

Nascido em Videira (SC), em 23 de outubro de 1948, Recalcatti veio para o Paraná ainda jovem. Ele se formou em Estudos Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e em Direito pela UniCuritiba. Começou na polícia como investigador. Desde 1994, era delegado concursado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo