Esporte

Ana Sátila ganha prata no mundial de canoagem na França

A brasileira Ana Sátila faturou a K1 extremode prata da prova do K1 extremo (modalidade disputada em um caiaque e que ingressará no programa olímpico em Paris 2024), na etapa da Copa do Mundo de canoagem slalom em Pau (França).

O ouro ficou com a holandesa Martina Wegman e o bronze com a australiana Jessica Fox.

Essa é a segunda competição da brasileira na Europa após a Olimpíada de Tóquio (Japão). Na última semana, a atleta também subiu ao pódio com um bronze na etapa disputada em La Seu d’Urgell (Espanha).

Pedro Gonçalves e Mathieu Desnos também representaram o Brasil na competição, ambos disputaram no K1 e no K1 extremo. Mathieu terminou na 12º posição no K1. Pepe ficou nas classificatórias tanto do K1 quanto do K1 extremo.

ITAIPU

Nascida em Iturama (MG) e criada até os 12 anos em Primavera do Leste (MT), Ana atualmente mora em Foz do Iguaçu, sede da seleção brasileira permanente de canoagem slalom.

Ela treina no Canal Itaipu, dentro da usina.

A binacional também é apoiadora da seleção brasileira de canoagem slalom e, em parceria com a Federação Paranaense de Canoagem e Prefeitura de Foz, desenvolve o Projeto Meninos do Lago, que incentiva a prática da modalidade e a formação de novos atletas matriculados em escolas públicas da cidade.

Tanto os atletas do projeto como os que residem em Foz para treinar com a seleção são representados nas competições nacionais pelo Instituto Meninos do Lago (Imel), entidade que também tem o suporte da Itaipu. Ana Sátila é uma das atletas federadas pelo Imel.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo