fbpx
Cultura

Apagamentos históricos e escravização são temas do filme “Praia Formosa”, de Julia De Simone, que está no 13º Olhar de Cinema

Primeiro filme de ficção da cineasta tem estreia nacional no festival e gira em torno de uma mulher negra traficada para o Brasil

A 13ª edição do Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba chegou com estreias do mundo todo. O evento, que vai até o dia 20 de junho com uma ampla programação com mais de 80 produções, destaca a estreia nacional do longa-metragem “Praia Formosa” (Dir. Julia De Simone | Brasil | 2024 | 90’), dentro da Mostra Competitiva Brasileira.

A produção conta a história de Muanza, uma mulher oriunda do Reino do Congo, que foi traficada para o Brasil no século XIX e desperta nos dias atuais no Rio de Janeiro. Neste cenário, ela se depara com um mundo onde o passado e o presente se entrelaçam, iniciando uma busca pessoal por suas origens e compreensão da própria história.

Ao retratar a urbanização da região portuária ao longo de dois séculos, a obra confronta as contradições da “Pequena África” – um território marcado por disputas e apagamentos históricos. A narrativa desdobra-se revelando uma história de irmandade e união entre duas mulheres, contada através de uma perspectiva de resistência, afeto e amizade capaz de transcender o tempo.

Festival Internacional de Curitiba
“Praia Formosa” – Cred Reprodução

O filme vagueia por encontros entre personagens e paisagens que reforçam tanto a permanência cruel das raízes coloniais brasileiras quanto a resiliência e os laços formados pela população afro-brasileira, com atenção especial às mulheres.

As sessões de “Praia Formosa” ocorrem na segunda-feira (17), no Cinemark Mueller, às 21h30, e na terça-feira (18), no Cine Passeio Luz, às 14h15.

FICHA TÉCNICA

DIREÇÃO: Julia De Simone

PRODUÇÃO: Luana Melgaço, Julia De Simone e Filipa Reis

ROTEIRO: Aline Portugal, Julia De Simone e Mariana Luiza

ELENCO: Lucília Raimundo, Maria D’Aires, Samira Carvalho e Mãe Celina de Xangô

SOM: Marina D’Ávila

MONTAGEM: Ricardo Pretti

DIREÇÃO DE ARTE: Ana Paula Cardoso

DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Flávio Rebouças

FESTIVAIS: Tiger Competition, International Film Festival Rotterdam 2024

DISTRIBUIÇÃO: Olhar Filmes

As exibições do Olhar de Cinema ocorrem no Cine Passeio, no Cinemark Mueller, na Ópera de Arame e também no Teatro da Vila, no CIC – Cidade Industrial de Curitiba. Os ingressos já estão disponíveis pelo site oficial com valores que vão de R$8 (meia-entrada) a R$16. Todas as sessões no Teatro da Vila são gratuitas. Além disso, de 18 de junho a 7 de julho, os curtas-metragens brasileiros que compõem o festival estarão disponíveis gratuitamente na plataforma de streaming Itaú Cultural Play para todo o Brasil.

Acompanhe a programação e as novidades pelo site www.olhardecinema.com.br e pelas redes sociais oficiais: Instagram @olhardecinema e Facebook.com.br/Olhardecinema.

A 13ª edição do Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba é realizada por meio do programa de apoio e incentivo à cultura – Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba, sendo também o projeto aprovado pela Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Paraná, com recursos da Lei Paulo Gustavo, e pelo Ministério da Cultura – Governo Federal, com patrocínio do Itaú e Peróxidos do Brasil, apoio do Instituto de Oncologia do Paraná, Sanepar, Cimento Itambé, Favretto Mídia Exterior, e apoio cultural de Projeto Paradiso, Cine Passeio, Instituto Curitiba de Arte e Cultura. Verifique a classificação indicativa de cada filme e sessões com acessibilidade de audiodescrição.

Serviço:

13º Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba

Data: 12 a 20 de junho de 2024

Locais: Cine Passeio (R. Riachuelo, 410 – Centro)

Cinemark Mueller (Av. Cândido de Abreu, 127, Centro)

Teatro da Vila (R. Davi Xavier da Silva, 451, Cidade Industrial de Curitiba)

Ópera de Arame (R. João Gava, 920, bairro Abranches)

Site oficial: www.olhardecinema.com.br.

Redes Sociais: Instagram: www.instagram.com/Olhardecinema

Facebook: www.facebook.com.br/Olhardecinema

Patrocínio:  Itaú e Peróxidos do Brasil

Apoio: Instituto de Oncologia do Paraná, Sanepar, Cimento Itambé e Favretto Mídia Exterior

Produção: Grafo Audiovisual

Apoio Cultural: Projeto Paradiso, Cine Passeio, Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Taiwan Film & Audiovisual Institute, Cinemark

Realização: Programa de apoio e incentivo à cultura – Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba. Projeto aprovado pela Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Paraná, com recursos da Lei Paulo Gustavo, Ministério da Cultura – Governo Federal. Lei de incentivo à cultura, Ministério da Cultura, Governo Federal.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo