fbpx
Educação

Brincadeiras antigas ainda são as preferidas das crianças, além de oferecerem conteúdo pedagógico

Quem pensa que apenas os brinquedos da moda ou super tecnológicos são os que mais atraem as crianças nos dias de hoje, está enganado. Os pequenos se interessam e muito pela socialização com outras crianças através de brincadeiras clássicas como Amarelinha, Pega Pega ou Esconde-Esconde, além de outras atividades tradicionais.

De acordo com a rede de espaços infantis multisserviços YouPlay, o resgate de brincadeiras antigas como mamãe da rua, batata quente e corre cotia fazem ainda muito sucesso. E o melhor de tudo: essas atividades, junto com parlendas — que são combinações de palavras ou rimas rítmicas que fazem parte do folclore brasileiro –, ajudam no desenvolvimento da criança.

Ao pular amarelinha ela conta as casas para pular e trabalha a coordenação motora pulando em um pé só. Com elefantinho colorido é possível trabalhar as cores. Vampiro Vampirão, sucesso em todas as unidades trabalha as horas. Dessa forma as crianças se divertem, gastam energia e fazem amizades.

“Nas brincadeiras clássicas a criança pode desenvolver algumas capacidades importantes que envolvem a imaginação, atenção, socialização e auxiliam no seu desenvolvimento. Além disso, trabalha força, equilíbrio e coordenação motora”, comenta Giuliano Carioca, CEO da YouPlay.

Cada brincadeira, muitos aprendizados

A gente nem imagina, mas muitas brincadeiras que são conhecidas e tradicionais da criançada oferecem muitos benefícios para a saúde e também para o raciocínio. Além disso, essas brincadeiras podem ser feitas sem complexidade, sem custos e em qualquer lugar. Entre elas estão:

Amarelinha: Como a criança precisa seguir uma sequência numérica, é preciso trabalhar o raciocínio lógico e reforçar o conhecimento para escrever os números. No aspecto físico, trabalha a coordenação motora, agilidade, força, concentração e equilíbrio. Esta tão conhecida brincadeira que se alastra por todas as regiões do país também é conhecida por outros nomes, como maré, sapata, avião, academia ou macaca.

Vampiro Vampirão: Uma brincadeira que trabalha também o raciocínio lógico com números, posicionamento e a linguagem. Também exercita a agilidade, força e equilíbrio, já que as crianças precisam correr para tentar escapar da criança escolhida como “vampirão”.

Elefantinho Colorido: Esta brincadeira exercita a percepção visual, levando em conta a identificação de cores. Além de também servir como exercício físico, já que as crianças precisam correr e evitar ser pego por quem é selecionado como líder.

Mais ensino, mais diversão

São muitas as brincadeiras que são conhecidas por todos e que oferecem muitos benefícios para as crianças, e até mesmo para os adultos que muitas vezes decidem participar.

“Na YouPlay nossa preocupação vai além da Diversão , acreditamos que as brincadeiras têm papel fundamental no desenvolvimento psicomotor e no processo de aprendizado e de domínio social da criança, pois exercitam a mente, o desenvolvimento da linguagem e de hábitos sociais”, explica Giuliano Carioca.

Além das atividades carro-chefe da rede de entretenimento infantil, a ideia também é oferecer mais opções para as crianças não só se divertirem, mas aprenderem com a diversão, com aulas de idioma, música, programação, cortes de cabelo, entre outras atividades.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo