fbpx
Turismo

Café com turismo: destinos históricos para os amantes da bebida

O café, bebida queridinha dos brasileiros, está presente no cotidiano e na história do país. Não à toa foi estabelecido o Dia Nacional do Café, 24/05, para celebrá-lo. Maio foi escolhido para a homenagem porque é neste mês que se inicia a colheita em grande parte das regiões cafeeiras no Brasil.

Para àqueles que querem se aprofundar na história nacional do café — ou mesmo curtir uma xícara quentinha, o Grupo JCA preparou um roteiro de viagem que é possível fazer de ônibus:
Santos (SP)

O Museu do Café de Santos funciona em um prédio de 1922 que serviu como sede da Bolsa Oficial do Café. Maior praça de café do mundo na primeira metade do século 20, o local deixou de realizar pregões na década de 1950, mas ainda assim serviu para divulgar a cotação do café no mercado mundial até 1986. Depois de alguns anos fechado, foi restaurado e abriu as portas como um museu. Os visitantes podem conferir a história da bebida, ver obras de Benedito Calixto, admirar exposições e, principalmente, tomar blends diferentes em uma simpática cafeteria instalada no local. Na Viação Cometa é possível encontrar viagens com destino à Santos por preços a partir de R$ 32,25.
Campinas (SP)

Campinas é outro bom destino para celebrar o Dia Nacional do Café. É na cidade do interior paulista que fica a Fazenda Tozan, especializada em turismo rural, que ensina sobre a cultura cafeeira e oferece degustações de cafés colhidos no local. Também há um museu dedicado à bebida. É possível, ainda, fazer um piquenique ao pôr do sol, com os cafezais como pano de fundo. Reservas devem ser realizadas com, no mínimo, dois dias de antecedência no site da fazenda. Na Expresso do Sul é possível encontrar viagens com destino à Campinas por preços a partir de R$ 41,20.
Rota Turística do Café (PR)

A Rota Turística do Café no norte do Paraná pode ser encontrada em nove diferentes cidades e conta a história e cultura da região, que se desenvolveu devido ao aumento da produção cafeeira. Os visitantes podem voltar no passado e visitar fazendas históricas e um dos museus da região, e claro, conhecer cafeterias e degustar uma gastronomia especializada em café. Em visitas mais longas, é possível conhecer todo o processo do cultivo, desde o plantio e a colheita até o processamento e a chegada às prateleiras dos supermercados e lojas especializadas. Para moradores de Curitiba, Caiobá, Ponta Grossa e Londrina, ou turistas em visita a essas cidades paranaenses, os cafés-escola do Senac valem a parada para saborear um espresso, um latte ou um cappuccino. Na Viação Catarinense é possível encontrar viagens com destino à diversas cidades do Paraná por preços a partir de R$ 113,99.
Rota do Café Especial (MG)

Maior produtor de café do Brasil, Minas Gerais é um lugar onde não se dispensa um bom cafezinho. A Rota do Café Especial é uma referência para quem deseja apreciar desde fazendas produtoras até experiências sensoriais. Devido as suas condições climáticas e altitude, o sul do estado conta com uma variedade de cafezais e é perfeito para plantar um grão de boa qualidade. Se estiver programando uma visita na Rota Especial, prefira agendar entre junho e agosto, pois é uma das épocas que ocorre o crescimento das sementes. A rota possibilita uma caminhada pelos cafezais, passando por locais onde pode-se admirar a paisagem, e ainda oferece conhecimentos sobre toda a produção de café — sem deixar o tradicional pão de queijo caseiro de lado. Na Viação Cometa é possível encontrar viagens com destino à diversas cidades de Minas Gerais por preços a partir de R$ 109,99.
Vale do Café (RJ)

O Vale do Café, localizado ao sul do estado do Rio de Janeiro, conta com diversos hotéis-fazenda e boas atrações para a família. Fazendas como a de São Luiz da Boa Sorte, em Vassouras, contam com museus dedicados à bebida. Na região também dá para conhecer diversos jardins e se hospedar em hotéis históricos. Os 15 municípios que compõem o Vale do Café abrigam os palacetes rurais que, atualmente, se propõem não apenas a produzir o café como também se destacam no quesito hospitalidade, surpreendendo os turistas e aguçando seus cinco sentidos. Na Viação Cometa é possível encontrar viagens com destino à diversas cidades do Rio de Janeiro por preços a partir de R$ 99,99.
Por que ir de ônibus?

As viagens de ônibus são mais práticas e econômicas, custando até 40% menos do que, por exemplo, os trajetos realizados de avião. Não há tanta burocracia no embarque e desembarque de passageiros, como é o caso dos aeroportos, e nos ônibus é possível levar as bagagens sem ter que arcar com taxas adicionais. O conforto é garantido por modalidades de assento que oferecem poltronas semileito, leito e cama, além de tecnologias embarcadas dentro dos ônibus. Não é preciso ir até a rodoviária comprar as passagens — tudo pode ser feito de maneira digital, inclusive no check-in, com o uso do BPE (bilhete de passagem eletrônico).

As empresas do Grupo JCA seguem garantindo ônibus sanitizados e preparados com todos os protocolos de segurança contra a covid-19 para que os passageiros percorram seus trajetos tranquilamente.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo