Destaque

Comissão da Câmara visita pontos que marcaram a presença negra na história de Curitiba

A Comissão Especial da Visibilidade Negra da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) participou do projeto de extensão universitária Passeio AfroCuritiba, coordenado pela historiadora Joseli Maria Nunes Mendonça, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), para resgatar e destacar a presença negra no desenvolvimento da capital do Paraná.

Carol Dartora (PT), presidente, João da 5 Irmãos (PSL), vice, e Maria Leticia (PV) percorreram nove pontos do Centro que revelam a presença da população negra na história da cidade.

Doutora em história e docente da UFPR, Joseli Mendonça elaborou um roteiro com nove locais, partindo do chafariz da praça Zacarias e seguindo pelo Instituto de Educação do Paraná, pela antiga sede do Jornal 19 de Dezembro (na rua XV de Novembro, próximo a praça Osório), pela Biblioteca Pública do Paraná, pelo Pelourinho (na praça José Borges de Macedo), pela fonte da obra Água pro Morro, pela praça Tiradentes e pela Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos de São Benedito.

“São pessoas que despenderam seu esforço na realização de uma história na qual muitas vezes eles não obtêm registro”, justificou Joseli Mendonça.

“A cidade tem certamente uma possibilidade maior de agregar pontos que confirmem a presença negra na construção de Curitiba”, concordou Maria Leticia.

“O objetivo foi conhecer alguns locais no centro da cidade em que a presença da população negra teve relevante contribuição na construção de Curitiba, mas teve essa memória apagada ou invisibilizada”, acrescentou Carol Dartora.

A presidente da Comissão da Visibilidade Negra aproveitou para reiterar seu desejo de renomear o conjunto da fonte de água e escultura hoje denominados Água pro Morro, ou “Maria Lata D’água”, pelos transeuntes.

“Nós sabemos, hoje, que ela se chamava Emerenciana Cardoso Neves. A gente quer que esse lugar respeite a história dessa mulher. Por isso que essa fonte deve ser nomeada com o nome dela, para demonstrar quem é”, afirmou Carol Dartora.

O tour guiado pelos locais do Passeio AfroCuritiba foi registrado em vídeo, pelo mandato da parlamentar  e em fotografia, pela Diretoria de Comunicação.

A audiência pública agendada para o dia 22 de outubro.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo