Geral

Compra de crédito do cartão transporte por ser feita por WhatsApp

Os usuários do cartão-transporte nos ônibus de Curitiba já podem comprar créditos de recarga pelo WhatsApp.

A Urbanização de Curitiba (Urbs), que gerencia o transporte coletivo na cidade, homologou a primeira empresa para venda do serviço pela plataforma, a Recarga Cliqx.

Curitiba é uma das primeiras cidades do País a oferecer o serviço.

“É mais uma inovação para a cidade e para a área de transporte da cidade. É o nosso Pix do transporte, que permite carregar créditos de forma rápida e fácil”, disse o prefeito Rafael Greca.

De acordo com o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto,  a ideia é usar as novas tecnologias disponíveis para facilitar a vida do usuário.

“A recarga pelo WhatsApp vem se somar a outras opções de compra de créditos, como por aplicativos, nos terminais e em lojas de supermercados. Assim, o passageiro tem mais poder de escolha”, completou.

A compra é feita de forma simples por meio de uma conversa no WhatsApp com a Recarga Cliqx pelo número (41) 3891 1900.

O usuário pode colocar créditos tanto no cartão usuário quanto no avulso, que é vendido em bancas.

Com o número do cartão em mãos, é possível carregar, verificar saldo e extrato.

A recarga pode ser de qualquer valor até o limite de passagens por cartão, com o pagamento de uma taxa de conveniência por operação.

O pagamento pode ser feito por PIX ou cartão de crédito.

Após a confirmação de pagamento, é enviada uma mensagem ao usuário do cartão que já pode utilizar seus créditos.

Em média, o crédito está disponível entre 15 e 20 minutos após a confirmação do pagamento.

“Buscamos com o Recarga Cliqx simplificar o processo de compra de créditos, e que possa ser feito com poucos cliques.

Tão simples, como um Cliqx”, diz João Santos CEO do grupo, com sede em São Paulo.

Toda a operação é criptografada de ponta a ponta, garantindo a segurança do serviço, além da agilidade na compra do crédito, o que deve popularizar a compra pela plataforma.

Cerca de 65% das passagens no transporte coletivo da cidade são pagas por cartão-transporte. Atualmente são 405 mil passageiros por dia nos ônibus de Curitiba.

Além da Recarga Cliqx, a Urbs já credenciou os aplicativos Recarga Pay, Qiwi e Mercado Pago para a venda de créditos.

Também é possível adquirir crédito via boleto bancário, em algumas lojas das redes de supermercados Condor e Muffato, em bancas de revistas e comércio credenciados.

Taxas de conveniência

Pelo WhatsApp, aplicativos e ponto de venda credenciados, a operação pode ter custo, de acordo com a política de cada empresa, com limite estabelecido pela Urbs.

Entre R$ 0,01 e R$ 100, o valor da taxa é de até R$ 3; de R$ 100,01 a R$ 300, a taxa custa R$ 4; de R$ 300,01 a R$ 500, R$ 6; de R$ 500,01 a R$ 800, o valor é R$ 8; e de R$ 800,01 até o limite máximo de carga, R$ 10.

Para o cartão-transporte, esse limite é de 220 passagens e para o avulso, de 25 passagens.

Nove terminais (Pinheirinho, Santa Cândida, Barreirinha, Cabral, Bairro Alto, Santa Felicidade, Campo Comprido, CIC e Carmo) também dispõem de máquinas de recarga de cartão,  sem custo adicional.

Como comprar créditos do cartão transporte pelo whatsapp

Inicie uma conversa no aplicativo com o número da Recarga Cliqx – 41 3891-1900

Será necessário informar o nome e o CPF e o número do cartão.

Em seguida escolher se quer ver o saldo, o extrato ou recarregar com créditos.

Se quiser recarregar, são oferecidas faixas de valores e informadas as taxas de conveniência cobradas.

Na sequência é possível escolher a forma de pagamento – PIX ou cartão de crédito – e fazer o pagamento.

Em seguida, é enviada a confirmação do pagamento.

Entre 15 e 20 minutos, o crédito está disponível para ser utilizado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo