fbpx
Geral

Dia Nacional do Diabetes será celebrado neste domingo

Tramita na Câmara Municipal o Projeto de Lei do vereador Alexandre Leprevost sobre o Programa ABC Diabetes nas unidades de ensino da cidade. A intenção é orientar de forma educativa pais, alunos e profissionais da educação sobre os sintomas e cuidados referentes ao diabetes em crianças e adolescentes, fornecendo informações sobre a doença.

Em conversas com médicos endocrinologistas, o vereador constatou que é preciso levar a informação para as salas de aula. “Desde o início do mandato, minha equipe e eu nos reunimos com os melhores especialistas da área para trazer informações e alternativas para melhorar o atendimento e a qualidade de vida dos curitibanos”, comenta.

Uma das principais bandeiras do mandato de Leprevost é a preocupação com o diabetes, que está entre as 10 principais causas de morte no mundo, com quase metade ocorrendo em pessoas com menos de 60 anos, segundo dados da Federação Internacional de Diabetes. No Brasil, 9% da população adulta vive com a doença, de acordo com o Ministério da Saúde. Em Curitiba, a estimativa da secretaria municipal de Saúde é de  9,1%, porém muitos sequer sabem que têm a doença.

Conscientização começa nas Escolas:

Se o Projeto for aprovado, a intenção é que em todo mês de novembro (em alusão à campanha mundial do Diabetes, o Novembro Azul) as ações de acolhimento, orientação e informação sejam feitas com a divulgação de material didático impresso ou digital do Projeto KIDS, da Federação Internacional da Diabetes. 

O material, conhecido como “Pacote Educativo para Informar sobre Diabetes nas Escolas”, foi aprovado pelo Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Diabetes e Sociedade Brasileira de Pediatria. “Nossa intenção é desmistificar e fornecer uma estrutura adequada de educação e diagnóstico, caso alguém precise de auxílio. Precisamos fazer a inclusão de estudantes com a doença, levar as informações corretas a todos e ainda mostrar que as unidades de ensino podem ser uma rede de apoio para as famílias”, finaliza.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo