Política

Governo libera 450 milhões de reais para obras urbanas no Paraná

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta terça-feira (22) a liberação de mais de R$ 450 milhões para a execução de obras em 284 municípios do Paraná.

Com a contrapartida de alguns contratos pelas administrações municipais, o valor total alcança R$ 483 milhões.

No total, serão 620 ações diferentes para beneficiar a população de todas as regiões do Estado.

Dentre elas, 533 realizadas a fundo perdido, no valor de R$ 319.967.431,96, por meio de transferência voluntária da Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (Sedu), ou seja, os valores não precisarão ser devolvidos aos cofres do Estado.

As outras 87, totalizando R$ 163.389.097,53, serão garantidas com verbas do Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM), organizado pela Fomento Paraná e o Paranacidade.

Todos os contratos tiveram aprovação neste começo de ano e os recursos já foram repassados.

Os demais municípios foram contemplados com investimentos ao longo dos últimos três anos, totalizando atendimento nas 399 cidades.

Os valores serão empregados na construção de creches, Centros de Saúde Especializado, praças, quadras de esportes, calçadas, Centros de Desenvolvimento Econômico, barracões industriais, escolas municipais, complexos esportivos, Centros de Referência de Ação Social (CRAS), Centros de Convivência, terminais rodoviários, terminais de transporte urbano e campos de futebol, além de pavimentação de centenas de ruas e avenidas e a implantação de iluminação pública e ciclovias.

O governador destacou que os investimentos estão dentro da Agenda 2030, de olho nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e reforçam o compromisso do Paraná com o crescimento organizado das cidades. 

Ele também ressaltou que o investimento é fruto de uma política municipalista e que envolve a valorização das potências regionais.

“Hoje é um dia muito importante para o Paraná. Estamos transformando em realidade um projeto ambicioso e que está dentro do planejamento estratégico do Estado, que é de executar investimentos perto da casa dos paranaenses. Serão obras e aquisições para as áreas da saúde, educação, ação social e, principalmente, para impulsionar a economia dos municípios”, destacou Ratinho Junior.

“É o primeiro grande investimento da Sedu neste ano, voltado para a melhoria da qualidade de vida dos paranaenses. É um dinheiro muito bem empregado, tanto para a compra de novos equipamentos e veículos para áreas como transporte e agricultura, como para iluminação pública, pavimentação de ruas e a construção de calçadas, praças e ciclovias em todas as regiões, além de outras ações importantes. É um grande avanço para os municípios”, complementou o secretário do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, Augustinho Zucchi.

O programa Meu Campinho tem como objetivo a construção de campos de futebol com grama sintética em todas as regiões do Estado, com uma estrutura completa que envolve playground com piso emborrachado, iluminação em LED, bicicletário, floreiras, bancos de repouso e lixeiras.

Os espaços podem ser usados gratuitamente pela comunidade nos dias úteis e aos finais de semana.

Também serão construídas quadras de esportes em Borrazópolis e Cascavel; ginásios em Nova Fátima e Quedas do Iguaçu; um Complexo Esportivo em Nova Santa Rosa; e um campo de futebol em Santo Inácio.

EDUCAÇÃO – Nesta área, os valores serão empregados na construção de creches em Araucária, Rebouças e Tibagi (R$ 10 milhões); de escolas municipais, sendo duas em Iguaraçu, e uma em cada um dos municípios de Mallet, Palmital e Tupãssi (R$ 7,2 milhões); além da construção de uma Unidade de Apoio Escolar em Ourizona.

O montante também contemplará a aquisição de equipamento e mobília para escolas em Loanda.

SAÚDE E AÇÃO SOCIAL – A liberação de recursos inclui a construção de um Centro de Saúde Especializado em Bom Sucesso; Centros de Referência de Ação Social (CRAS) em Perobal e Sengés (R$ 1,3 milhão); e Centros de Convivência em Pérola D’Oeste, Rebouças, Santo Antônio do Sudoeste e Iracema do Oeste.

ESTÍMULO ECONÔMICO – Pensando em impulsionar o desenvolvimento econômico com a atração de indústrias, o que potencializa a diversificação do PIB, serão construídos Centros de Desenvolvimento Econômico em Anahy, Inácio Martins e Ivaí (R$ 6,9 milhões); barracões industriais em Clevelândia, Espigão Alto do Iguaçu, Santa Izabel do Oeste, Sengés e Teixeira Soares (R$ 9,1 milhões); além da consolidação de uma área industrial em Jacarezinho (R$ 3,5 milhões) e aquisição de terrenos para a área industrial de Rolândia (R$ 3,8 milhões)

TRANSPORTE – O anúncio também abrange a construção de um Terminal Rodoviário Intermunicipal em Santo Antônio do Sudoeste (R$ 1,4 milhão); um Terminal Rodoviário Urbano em Assaí (R$ 350 mil); e terminais de transporte urbano em Cascavel e Corbélia (R$ 4,4 milhões).

Nesse setor de transporte, os recursos também serão destinados à aquisição de veículos, máquinas e equipamentos rodoviários a centenas de municípios,

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo