Geral

Greca conhece coxinha e pastel em formato de capivara

Febres da internet e campeões de vendas das feiras livres noturnas do Água Verde (quintas) e Lindoia (sextas), o pastel e a coxinha em formato de capivara foram apresentados ao prefeito Rafael Greca pelas imãs Cristiane (Mity) e Tatiane Yamashiro, feirantes idealizadoras dos divertidos salgados.

“O pastel e a coxinha, que homenageiam este animal considerado símbolo de Curitiba, são exemplos de empreendedorismo e economia criativa. Nossa retomada econômica precisa de mais e mais exemplos como os dados pelas irmãs Yamashiro”, parabenizou Greca.

Mity, terceira geração do negócio herdado do pai Osamu Yamashiro, contou que teve a ideia de criar o pastel em formato de capivara e outras curiosas figuras, como morcego, Pokémon e dinossauro, durante o breve período em que as feiras estiveram fechadas devido à bandeira vermelha de combate à pandemia da covid-19.

“Comecei a testar e fazer o desenho na massa, depois passei a expor, transformando-se em um grande sucesso”, lembrou ela.

As irmãs também preparam pastéis no formato clássico retangular nos sabores de carne, pizza, palmito, queijo e carne com queijo.

Os preços começam em R$ 7. Já o pastel em formato de capivara custa R$ 15, tem duas opções de sabores (carne e queijo) e tem produção limitada de 250 unidades por feira.

Em um novo impulso criativo, as irmãs Yamashiro conceberam a coxinha em formato de capivara no mês passado. A “Capixinha”, comercializada com recheio de frango, custa R$ 10.

Doces miúdos

Durante o encontro com o prefeito, as feirantes também apresentaram os doces no formato do herbívoro símbolo da capital vendidos pelas redes sociais.

“Produzimos doces miúdos e bolos com confeitos que reproduzem a capivara”, salientou Mity. Os produtos podem ser encontrados no Instagram (@docurasdamity).

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo