fbpx
Geral

Greca inaugura estátua em homenagem à girafa Pandinha

 

A girafa Pandinha ganhou um memorial do Zoológico de Curitiba, inaugurado  pelo prefeito Rafael Greca.

Muito amada pelos visitantes, Pandinha sustentou por bastante tempo o posto de girafa mais velha do Brasil, até morrer, em janeiro deste ano.

Na inauguração do memorial, o prefeito e o diretor-presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Claudio Stabile, anunciaram outras melhorias ambientais para o zoo. 

A principal é a implantação de dois quilômetros de rede coletora na área do zoo, o que possibilitará um sistema de coleta e tratamento de esgoto na unidade, que é atendida por fossas sépticas.

O anúncio e a inaguração do memorial foram acompanhados pelo vice-prefeito, Eduardo Pimentel, pela secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza do Carmo Oliveira Dias, pelos curitibinhas do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Ana Proveller e pelos embaixadores da nova campanha de sustentabilidade do município, a Família Folhas

O evento fez parte das comemorações do Mês do Meio Ambiente.

“Com grande alegria, saudamos as duas representações da natureza”, disse o prefeito, referindo-se à escultura gigante de 4 metros instalada no memorial e à girafa em miniatura feita pelos estudantes do CMEI Ana Proveller, que marca a importância do animal na Educação Ambiental de todos os curitibinhas.

A escultura gigante também será utilizada nas atividades de Educação Ambiental desenvolvidas pelo Zoo.

Outros zoológicos do Brasil e do mundo possuem estátuas semelhantes homenageando animais.

O artista convidado para fazer a Pandinha do Memorial do Zoo, Jonas Corrêa, também esteve na inauguração.

Ele tem mais de 30 anos de experiência em artes plásticas e na elaboração de esculturas realistas de grande porte.

Homenagem das crianças

Uma girafa em miniatura, feita de cano de pvc, papel maché e gesso, foi a contribuição dos curitibinhas de 4 e 5 anos do CMEI Ana Proveller.

A professora Priscila Dallabrida, que os orientou no projeto, explicou que a ideia era preencher o vazio que a morte de Pandinha causou.

“Vestimos a camisa, os ajudamos e agora a homenagem deles vai ficar exposta por aqui também”, contou, orgulhosa. “Eles serão adultos muito conscientes com o cuidado com a natureza”, completou.

Um desenho da menina Luiza Mamede de Freitas Vieira foi entregue como presente ao prefeito.

Saneamento

A rede coletora de esgoto que será instalada no Zoológico vai permitir a melhoria da qualidade das águas de tanques e lagos no ambiente interno e do curso de água do Rio Iguaçu. As obras começam no segundo semestre e terão investimentos de cerca de R$1 milhão.

“Neste dia de homenagens, viemos também marcar a criação da rede de esgoto do nosso Zoo, que vai deixar o Rio Iguaçu mais limpo, ajudar a nossa Reserva Hídrica do Futuro e permitir que todo mundo possa beber água limpa do Rio Iguaçu. Isso é o caminho do meio ambiente e da proteção da natureza”, anunciou o prefeito.

Stabile destacou que, com a obra, a cidade dá mais um passo na universalização da coleta e tratamento de esgoto. No último ranking do Trata Brasil, Curitiba registra nota máxima (100) em abastecimento de água, em atendimento urbano de água e também no indicador que mede as novas ligações de esgoto. Já em coleta de esgoto, soma 99,98 pontos de cem possíveis. No tratamento, o índice fica em 95,09%.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo