Empreendedorismo

iFood é a única empresa a criar um fundo de combustível para entregadores no país

Por manter uma escuta atenta às necessidades de seus parceiros, o iFood divulga fundo de combustível inédito no país. Entre os meses de novembro e dezembro, serão disponibilizados para os entregadores R$ 8 milhões no período de operação do fundo.

“O iFood é a única empresa a criar uma iniciativa de apoio aos entregadores para reduzir os impactos gerados pela alta de combustíveis no país. Entendemos que este é um momento que exige comprometimento e atitude de todos os atores do mercado, e esse anúncio se soma a tantas outras iniciativas que a empresa vem promovendo junto aos seus parceiros”, destaca Roberto Gandolfo, vice-presidente de Logística e Restaurantes do iFood.

Além disso, pela segunda vez neste ano, o iFood vai reajustar os valores das rotas de entregadores. A partir de novembro, haverá um incremento nacional no quilômetro rodado, que representa um ganho de até 8% por rota na entrega dos pedidos. Isso significa ganhos em todas as rotas percorridas, em especial em trechos mais longos. Todos os ajustes serão devidamente comunicados aos entregadores parceiros.

“Os entregadores são parte essencial do ecossistema iFood. Por isso, investimos permanentemente em iniciativas que contribuem para a melhoria do dia a dia dos nossos parceiros”, comenta Claudia Storch, diretora de logística do iFood. Segundo ela, a criação de um fundo de apoio e as revisões e reajustes dos valores de rota do entregador são reflexos da preocupação do iFood com os entregadores parceiros.

Outras iniciativas também são promovidas pela empresa, a exemplo da parceria com a Avus, através da qual os entregadores têm acesso a um plano de vantagens em saúde de forma gratuita, com direito à consultas e medicamentos por ótimos preços. Aliado a isso, o iFood oferece ações de incentivo à educação e constantes parcerias que contribuem com a qualidade das entregas, assim como melhorias contínuas no aplicativo. Outro destaque fica por conta do incentivo a gorjetas dos clientes, que são repassadas integralmente ao entregador.

Ganhos

Em abril de 2021, o iFood reajustou a tarifa mínima da entrega. Independentemente da distância percorrida, o valor de uma rota nunca é inferior a R$5,31.

Vale ressaltar que os valores das rotas variam e levam em conta fatores como a distância percorrida, cidade, dia da semana, condições climáticas do dia e modal utilizado.

No próprio aplicativo, os entregadores podem conferir os valores de cada entrega antes de aceitar os pedidos. No último ano, os mais ativos na plataforma aumentaram seus ganhos em 17%. Hoje, a média por hora trabalhada no iFood é de R$25, o que corresponde a cerca de cinco vezes o valor equivalente à hora do salário mínimo.

Em momentos de maior demanda, como datas comemorativas, finais de semana e feriados, o iFood também pode aplicar valores adicionais à rota como forma de incentivar seus parceiros entregadores.

Programa para redução de custos

Em busca de alternativas para ajudar os entregadores a reduzir custos, o iFood criou, há mais de um ano, o programa Delivery de Vantagens. Por meio dele, todos os trabalhadores têm acesso a um pacote de vantagens em descontos especiais em seguro e serviços de manutenção da moto (troca de óleo e de pneus e peças para consertos mecânicos), compras em lojas multimarcas e descontos em educação, além de assistências médica e dental a preços subsidiados. Entre as marcas parceiras do programa estão Suhai, Allianz Assistance, Valvoline, Samumotos, RClub, Saúde com Avus, WDental, LG, Magalu e FAM.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo