fbpx
Cultura

MON vai atestar originalidade das obras apreendidas da família Lobão

As telas eram usadas para esquentar dinheiro de corrupção na Petrobrás

Polícia Federal entrega ao Museu Oscar Niemeyer obras apreendidas na Operação Vernissage

Foram identificadas peças de diversos artistas plásticos brasileiros de renome internacional como Adriana Varejão, Alfredo Volpi, Anna Bella Geiger, Beatriz Milhazes, Lygia Clark, Iberê Camargo, Mariana Palma, Renê Machado, Sandra Cinto, Vik Muniz, entre outros.

Segundo a PF, as obras ainda passarão por um laudo pericial que vai atestar a originalidade, bem como as condições atuais de cada uma delas.

O lote se soma a outros 230 trabalhos que já haviam sido destinados ao museu em fases anteriores da Lava Jato. Entre as obras apreendidas, 31 fazem parte da exposição Luz = Matéria, em cartaz atualmente no MON.

Altos executivos da empresa e da Transpetro estão entre os investigados, e obras de arte foram apreendidas na casa de Marcio Lobão, filho do ex-governador do Maranhão Edison Lobão (MDB), no Rio de Janeiro.

Polícia Federal entrega ao Museu Oscar Niemeyer obras apreendidas na Operação Vernissage

fotos: PF-Curitiba

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo