fbpx
Geral

Morre cardiologista Mário Maranhão

Morreu nesta segunda-feira o cardiologista curitibano Mário Fernando de Camargo Maranhão, aos 84 anos, em decorrência de um AVC.

Ele estava internado no Hospital Marcelino Champagnat.

O médico Mario Maranhão atuou por mais de três décadas como docente da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e por mais de quatro na Faculdade de Medicina da Evangélica Mackenzie, até se aposentar.

Foi um dos fundadores da Sociedade Paranaense de Cardiologia, a qual presidiu, a exemplo da Sociedade Brasileira de Cardiologia e ainda a Federação Mundial de Cardiologia, de 2000 a 2002. 

Foi palestrante e conferencista em inúmeros congressos em vários países pelo Mundo. Sua carreira também inclui atividades como radialista e jornalista, as quais assumiu ainda no período acadêmico, tendo trabalhado nos jornais Diário do Paraná e Tribuna do Paraná, cobrindo setores de esporte e literatura.

O médico e professor fez parte da turma que se formou em 1961 pela UFPR, tendo complementado sua formação em São Paulo, no Hospital das Clínicas, e ainda na França e nos Estados Unidos.

Em 2011, quando completou 50 anos de formação médica, foi homenageado pelo Conselho de Medicina do Paraná, que lhe conferiu o Diploma de Mérito Ético-Profissional pelo histórico exemplar.

Com grande trânsito internacional, Maranhão presidiu o Congresso Mundial de Cardiologia, realizado na China em 2010.

Enquanto estudava Medicina também atuou como jornalista nos jornais Diário do Paraná e Tribuna do Paraná.

O velório está sendo realizado na Capela Vaticano e o sepultamento será no Crematório Vaticano, em Almirante Tamandaré.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo