fbpx
EsporteGeral

Nikão é cidadão honorário de Curitiba

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) entregou o título de Cidadão Honorário de Curitiba ao jogador Maycon Vinícius Ferreira da Cruz, o Nikão, natural de Belo Horizonte (MG).

Autor do projeto de lei, Alexandre Leprevost (Solidariedade) defendeu que a homenagem ao atleta Club Athletico Paranaense “independe de torcida, porque vem por sua trajetória como esportista”.

Nikão com a família

“Esta é maior honraria que Curitiba pode oferecer a um cidadão que não nasceu aqui”, reforçou o vereador, primeiro vice-presidente do Legislativo.

O placar, na análise em primeiro turno, foi de 32 votos favoráveis, 3 contrários e 2 abstenções

No debate da homenagem, Leprevost definiu Nikão como um exemplo de resiliência. O vereador citou sua origem humilde, perdas familiares, o vício em álcool e a superação, consagrando-se como ídolo da torcida rubro-negra.

Nikão, com o vereador Alexandre e o secretário Ney Leprevost

“O encontro com a Igreja e o vínculo com a fé foram essenciais para que o jogador superasse a fase difícil”, relatou o autor.

Lucho, Paulo Miranda e Bolinha

“Conceder o título de cidadão honorário de Curitiba é reconhecer não só a trajetória profissional e pessoal do Nikão, mas principalmente o vínculo criado com a cidade de Curitiba”, reforçou Leprevost. O atleta chegou a Curitiba em janeiro de 2015, para jogar pelo Athletico. Aqui foi o casamento com Izabela Luz Sampaio da Cruz e nasceram os dois filhos, Thiago Vinícius e João Gabriel.

Em outubro passado, o homenageado completou 300 jogos pela equipe paranaense. O vereador lembrou dos títulos já conquistados, como a o bicampeonato da Sul Americana e a Copa Levian em 2019, primeiro título intercontinenta.

Nikão é o maior artilheiro rubronegro da Copa Sul-Americana, com nove gols em 27 jogos.

“Com apenas 29 anos, ele é reconhecido no meio esportivo pela habilidade e humildade, sendo idolatrado pela torcida rubro-negra”, continuou. “Fora dos campos, o jogador tem uma importante atuação, ajudando pessoas carentes através de ações sociais, que faz com ita discrição, mostrando o verdadeiro sentido da caridade, que é a caridade com discrição, não anunciada. […] Nós precisamos, ainda mais no mundo atual, levar bons exemplos. E esse é um exemplo de superação, de sucesso, de recuperação, que precisamos expor à sociedade.”

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo