Geral

Novo Ligeirão reduz tempo de deslocamentos entre Norte e Sul

O Ligeirão Fagundes Varela/Pinheirinho ganhou a aprovação dos passageiros. Inaugurada há um mês, a nova linha, que faz uma ligação inédita entre o Norte e o Sul da cidade pela Linha Verde (BR-476),  já transportou 42 mil usuários desde então e o movimento cresce a cada dia.

Para os usuários, a principal vantagem é a redução de tempo de deslocamento.

O novo Ligeirão permite a integração de 18 linhas pelas estações-tubo, sem contar as conexões que podem ser feitas no Terminal Pinheirinho, o maior da cidade, por onde circulam 46 linhas, sendo quatro metropolitanas. Isso sem ter que pagar outra passagem.

“A viagem de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana, onde moro, até o Bairro Alto, onde trabalho, é, agora, 40 minutos mais rápida. Antes eu tinha que acordar 5h15. Agora posso acordar 6h para ir trabalhar. É um tempo a mais para descanso”, diz o promotor de vendas Sergio Ricardo Pruner.

Para a diarista Nilda Ribeiro, a vantagem foi reduzir o número de ônibus que tinha que pegar para ir trabalhar. “Reduzi de quatro para dois ônibus. Facilitou muito. Antes, além disso, tinha que caminhar uns 25 minutos para chegar no ponto” conta.

A aposentada Alvacy Figueiredo também comemorou a comodidade da nova estação Fagundes Varela, implantada para o projeto do Ligeirão.

“Ainda não experimentei o Ligeirão, mas estou usando as outras linhas que passam aqui (Colina Verde e Hugo Lange). Já melhorou muito. Eu tinha que andar cinco quadras até o ponto. Agora posso vir nessa estação-tubo, que tem banco para sentar e é segura”, diz.

Segundo Alvacy, é muito bom ter uma ligação do Bairro Alto com o sul da cidade.

“Lá, na região sul, tem o Hospital do Idoso. É muito importante uma linha como essa para quem é de idade e vive aqui. Fica mais fácil, diz. O bancário aposentado Carlos Felix dos Santos vai do Bigorrilho ao Bairro Alto para visitar o irmão. Para ele, a vantagem é poder atravessar a cidade sem pagar mais uma passagem. “Se fosse de carro de aplicativo teria que pagar, no mínimo, o dobro”, diz.

Tempo de Viagem

Com uma frota de três veículos – um biarticulado e dois articulados –, a Fagundes Varela/Pinheirinho circula com intervalo médio de 20 minutos.

A viagem completa de 29 quilômetros leva uma hora (30 minutos em cada sentido).

A Urbs estima que a linha poderá transportar até oito mil passageiros por dia.

“Por enquanto o passageiro ainda está descobrindo a nova linha, aprendendo a usar e ver as conexões possíveis. Mas essa é uma linha importante, porque liga o Norte e o Sul da cidade pela Linha Verde, que é uma obra muito aguardada pela população. No futuro teremos mais integrações”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs.

São nove estações de parada, número que será ampliado no futuro com o avanço das obras da Linha Verde Norte para a implantação das estações Solar e Atuba e a instalação de outras estações no sentido sul da cidade.

A Linha Verde é o 6º eixo de transporte e de integração viária de Curitiba.

Ao todo serão 22 quilômetros de extensão de uma via urbana ao longo do eixo ligando a cidade do Sul ao Norte, desde o Pinheirinho ao Atuba, com estrutura de transporte e urbanização, beneficiando 22 bairros em uma área de abrangência onde vivem cerca de 300 mil pessoas.

A entrada em operação do Ligeirão faz parte das contrapartidas do município ao financiamento dessas obras por parte da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

 

Linhas integradas

As integrações, de acordo com cada estação de parada da Fagundes Varela/Pinheirinho, são:

  • Estação Fagundes Varela (linhas 211 Colina Verde e 374 Hugo Lange);
  • Estação Vila Olímpica (sem integração);
  • Estação PUC (050 Interbairros V, 471 V.São Paulo, 472 Uberaba, 475 Canal Belém, 477 V.Macedo via Guabirotuba)
  • Estação Mal.Floriano Peixoto (550 Pinheirinho/C.Gomes, 502 Circular Sul sentido horário, 602 Circular Sul sentido anti-horário e F02 Ctba/Fazenda);
  • Estação Fanny (550 Pinheirinho/C.Gomes, 621 Fanny, 616 Portão Santa Bernadethe/L.Verde e B42 Maracanã/Linha Verde)
  • Estação Santa Bernadethe (550 Pinheirinho/C.Gomes e 616 Portão/Sta.Bernadethe/L. Verde),
  • Estação Xaxim (550 Pinheirinho/C.Gomes, 629 Alto Boqueirão e 657 Xaxim/Capão Raso)
  • Estação São Pedro (550 Pinheirinho/C.Gomes, 624 V.São Pedro e 625 Gramados);
  • Terminal Pinheirinho (todas as linhas do terminal): 502 Circular Sul 9 (horário); 602 Circular Sul (Anti-horário); 603 Pinheirinho; X11 Sitio Cercado/Capão Raso (Reforço); X20 Portão/Sitio Cercado (Reforço); 350 Fagundes Varela/Pinheirinho; 550 Pinheirinho/Praça Carlos Gomes; 040 Interbairros IV; 060 Interbairros VI; 507 Sítio Cercado (horário); 508 Sítio Cercado (anti-horário); 610 Sítio Cercado/Capão Raso; 700 Pinheirinho/Cabral; X35 Pinheirinho/Prefeitura; 528 Boqueirão/Pinheirinho; 600 Kamyr/Quartel General; 617 Jd. Ludovica; 630 Vitória Regia; 631 Piratini/BR 476; 632 Quartel General; 633 Maria Angelica; 635 Londrina; 636 Rio Negro; 637 Sta Joana; 638 Pinheirinho; 639 Futurama; 640 Palmeira; 641 Luiz Nichele; 642 Ganchinho; 643 Umbará; 644 Pinheirinho/CIC; 646 Pompeia/Janaina; 649 Pirineus; 650 Sta Rita/Pinheirinho; 655 Jd da Ordem; 656 Kamyr; 659 Caximba/Olaria; 680 Rurbana; 681 Dalagassa; 684 Rio Bonito; 690 V. Juliana; 772 Tupy/V. Juliana; F01 Fazenda/Pinheirinho; F03 Fazenda (direto), H11 Araucária/Pinheirinho; H24 T. Angelica/T. Pinheirinho.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo