SaúdeTurismo

O primeiro dia do lockdown em Guaratuba, iniciado às zero hora de sexta-feira (19), mudou a paisagem e som da cidade

Várias denúncias foram recebidas durante todo o dia e mobilizaram as equipes da Vigilância Sanitária e Segurança

Para conter o avanço acelerado do contágio da Covid-19, funcionários de todas as secretarias do Município de Guaratuba, sem exceção, trabalharam voluntariamente como fiscais nas ruas e também nas barreiras restritivas nas entradas da cidade e na área rural.

A fiscalização ocorreu também com  barco percorrendo a baía.

Várias denúncias foram recebidas durante todo o dia e mobilizaram as equipes da  Vigilância Sanitária e Segurança.

Avenida vazia.

As orientações gerais eram da Procuradoria,  Administração, Gabinete e Comunicação, que atuaram  nas mais diversas situações que foram surgindo, tirando dúvidas de fiscais e também da população.

O prefeito Roberto Justus, agradeceu em áudio a todos os funcionários da Prefeitura que trabalharam nesse primeiro dia de lockdown, “fazendo um belíssimo trabalho em prol do Município“.

A pedido do prefeito e da Secretaria Municipal da Segurança houve apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública, aumentando o efetivo policial durante a vigência do lockdown.

Barreira sanitária 24 horas de operação.

Das 52 visitas realizadas pela Vigilância Sanitária em estabelecimentos comerciais, foram feitas 6 autuações e 19 orientações e adequações. O lockdown irá até 5h de segunda-feira (22).

O último boletim do coronavírus (19/03) registra a morte de mais dois moradores da cidade, totalizando 96 óbitos.  Também traz mais 30 novos casos, totalizando 3.474 casos confirmados, sendo 1.009 ativos e 28 pessoas hospitalizadas.

Denúncia: 3472-6429 e 3472-8592 (telefone e whatsapp)

Informações gerais e dúvidas sobre o decreto: 3472-8500 e 98538-6429 (telefones e whatsapp)

fotos Ascom-PG

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo