Cidadania

Peixe no cardápio para famílias carentes do Grande Bairro Alto

No salão social, missa da paixão de Cristo, com reduzido número de participantes por causa das restrições da pandemia. Na cozinha, rotina de todas as sextas-feiras, preparo das marmitas que o grupo “Pão da Vida” entrega a famílias pobres do Grande Bairro Alto, na rua José Veríssimo, ao lado do Banco do Brasil.  São 150 por semana, cerca de sete mil por ano. Neste dia, um ingrediente especial para o cardápio: sardinha com macarrão, detalhe interessante porque preserva a tradição de consumir peixe na Sexta-Feira Santa.

Antônio Maciel, todo cuidado na higiene e no preparo dos alimentos.

O grupo preparou oito quilos de arroz, dez de macarrão e 20 quilos de sardinha, utilizando dez quilos de tomate para tempero. A comida é preparada na cozinha da Paróquia Maria Mãe da Igreja,  com carinho, dedicação e coordenação de Antônio Maciel, formado em Gastronomia na Universidade Positivo.

“A comida é cheirosa e saborosa. É o tempero e o apuro que cozinhamos para nosso consumo.” A distribuição é para famílias da região, antes era feita no centro e em algumas ocasiões levamos mais de três horas para achar pessoas que não eram atendidas por outros grupos. O problema foi apresentado ao frei Gilson e ele autorizou entregar para famílias que eram atendidas ao lado do Banco do Brasil. A mudança foi muito boa, as pessoas em oito minutos recebem nossas marmitas e levam para consumo doméstico.

As normas de combate ao coronavírus são observadas com muito cuidado.

Máscaras, álcool gel, distanciamento. A entrega das marmitas foi antecipada em meia hora por causa do toque de recolher.

As doações sempre serão benvindas.

Alimentos preparados com cuidado.

O consumo semanal é de oito quilos de arroz, oito de feijão, dez de suan, três de calabresa, oito de farinha de milho, quatro de cebola, quatro de cenoura, meio quilo de alho, dois de salsichão que é usado picado na farofa, porque o prato é uma feijoada leve. Quem desejar participar, pode entregar na Paróquia Maria Mãe da Igreja ou contatar 99973-5320.

A distribuição de comida para moradores da região é feita por grupos voluntários da Paróquia Maria Mãe da Igreja, segundas e sextas, Centro Mãe Benta terças e quintas.

Neste dia, um ingrediente especial para o cardápio: sardinha com macarrão.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo