fbpx
Cidadania

Pequeno Cotolengo destina doações para novo projeto de cuidados aos idosos assistidos

A destinação de parte do Imposto de Renda para entidades filantrópicas, como o Complexo de Saúde Pequeno Cotolengo, organização localizada na capital paranaense que acolhe pessoas com múltiplas deficiências, é uma prática em crescimento no Brasil. Tanto os contribuintes com imposto a pagar quanto a restituir podem fazer a doação, basta optar pelo formulário completo.

Os contribuintes podem destinar até 6% do Imposto para a Organização por meio do Documento de Arrecadação de Receitas Federais – DARF. Este documento é utilizado para arrecadação de tributos de operações financeiras e é emitido como uma guia de pagamento.

No modelo completo da declaração, basta preencher o formulário “Doações Diretamente na Declaração — ECA” e escolher o tipo de fundo que receberá a quantia. Para o Pequeno Cotolengo, as doações serão destinadas ao Fundo Municipal da Pessoa Idosa, para o projeto “Acolher com Amor II”. Após calcular o valor da doação, é preciso imprimir a DARF (Documento de Arrecadação da Receita Federal) e realizar o pagamento até a data limite de envio do IR.

De acordo com o gerente de Captação de Recursos, Carlos Thomazelli, a contribuição via Imposto de Renda é fundamental para a Organização, que arrecada verbas para novos projetos e acolhimentos. “A doação via Imposto de Renda nesta época do ano é importante para que possamos desenvolver cada vez mais um ambiente humanizado e com qualidade de vida para nossos assistidos, que dependem de nós e ficam 24h por dia na Organização. Precisamos do apoio e da ajuda da população neste momento”, explicou o gerente.

O processo é finalizado com a comunicação à entidade sobre a doação, que pode ser feito por e-mail, juntamente com o envio do comprovante de pagamento. Finalizado este processo, após efetuar o pagamento, basta enviar um e-mail com o comprovante para ‘relacionamento@pequenocotolengo.org.br‘, incluindo dados pessoais e a indicação do Pequeno Cotolengo como entidade beneficiada. O prazo para a declaração do Imposto de Renda vai até o dia 31 de maio.

Projeto Acolher com Amor II

Aprovado no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, o projeto “Acolher com Amor II: Continuidade de atendimentos essenciais à pessoa idosa com múltiplas deficiências” visa potencializar os atendimentos na área da saúde para os 34 idosos de 60 a 90 anos atendidos pelo Complexo de Saúde Pequeno Cotolengo, bem como a garantia do acesso ao ensino e a promoção de um ambiente seguro.

O projeto garantirá os atendimentos especializados, manterá a central de esterilização, auxiliará no fornecimento de insumos, além de promover um ambiente cada vez mais seguro para nossos assistidos idosos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo