GeralSegurança

PM desenvolve Operação Natal

Mais policiais militares e viaturas serão aplicados no policiamento preventivo e ostensivo até o final de dezembro como parte do planejamento da Operação Natal. O lançamento oficial foi na tarde desta segunda-feira (13/12) em todo o estado. Em Curitiba, as equipes do 1º Comando Regional da PM (1º CRPM) e do Comando de Policiamento Especializado (CPE), saíram em comboio do Parque Barigui para iniciar os trabalhos. A Polícia Militar colocou mais de 120 policiais a mais nas ruas.

De acordo com o Comandante-Geral da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira, o objetivo da Operação Natal é proporcionar mais segurança à população que sairá às ruas fazer compras de final de ano. “A Polícia Militar reforçará o policiamento nas regiões com maior circulação de pessoas, principalmente de comércio, no intuito de coibir furtos e roubos em todo o estado do Paraná”, disse.

Em Curitiba, o 1º Comando Regional (1º CRPM) aplicará força total dos efetivos dos quatro batalhões subordinados (12º, 13º, 20º, 23º) e contará com apoio de efetivo de setores administrativos e também de unidades especializadas.

O Vice-Prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, esteve presente no lançamento da Operação e enalteceu o trabalho realizado pela PM na Capital do estado.

“Nós já lançamos a Operação Natal da Guarda Municipal há alguns dias e esse reforço da Polícia Militar vem para contribuir ainda mais com o policiamento da nossa cidade. Nós ficamos muito felizes em poder unir esforços e juntos levar mais segurança para a nossa população”, disse.

A PM atuará com patrulhamento a pé e motorizado, nas principais vias de trânsito de pessoas e veículos, além de operação saturação em todo o estado, até o dia 24 de dezembro.

O trânsito urbano e rodoviário também receberá reforço de fiscalização pelo Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) na Capital, pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) nas rodovias estaduais, e pelos Pelotões de Trânsito das unidades de área nos demais municípios do estado.

PREVENÇÃO – A aplicação do efetivo será feita conforme as análises dos índices criminais, nos pontos mais sensíveis, para que a atuação da PM seja mais forte.

Os cinco Comandos Regionais de Polícia Militar de todo o Estado estarão com todo o efetivo disponível para o policiamento ostensivo.

As unidades especializadas da corporação também atuarão em recobrimento ao que os batalhões e Companhias Independentes já fazem no dia a dia.

O reforço de policiamento é uma constante no final do ano, devido à maior circulação de dinheiro por conta do pagamento do 13º salário de grande parte da população, somada ainda ao aumento do fluxo de pessoas nas lojas, bancos e lotéricas, o que demanda maior atenção das forças de segurança pública.

REFORÇO – As unidades especializadas da corporação desempenharão papel de recobrimento de área, somando-se ao trabalho feito pelos Batalhões e Companhias Independentes de cada região do Estado, atuando em missões específicas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo