Saúde

Prefeitura retoma nesta manhã vacinação contra Covid-19

Todos os vacinados vão ser convocados, de acordo com o fluxo de vacinação

Longas fila, demora no atendimento, aglomeração por causa das chuvas: problemas provocam suspensão temporária da vacinação no Pavilhão da Cura, tempo para os ajustes necessários.

A prefeitura interrompeu duas horas antes o atendimento, vacinando quem estava na fila e transferindo o que foi agendado entre 18 e 20 horas, com nova convocação a partir de hoje.

Um dos argumentos para a centralização no local é evitar confusão nos locais de trabalho.

A secretaria ressalta que nenhum cidadão precisa procurar os serviços de saúde em busca da vacina.

Alguns profissionais que estavam na fila reconheceram que foram até o local sem convocação oficial,  receberam orientação dos hospitais em que trabalham para irem até o pavilhão.

No final da tarde, a Secretaria  Municipal de Saúde divulgou nota sobre o problema ocorrido na tarde de quinta-feira.

Todos os vacinados vão ser convocados, de acordo com o fluxo de vacinação.

Para não haver prejuízo da imunização, a SMS fez a convocação por hospitais, o que gerou maior procura em horários específicos, como o horário de almoço. Embora haja grande demanda, o tempo de atendimento é inferior a uma hora. A SMS também já está trabalhando na resolução da inconsistência do sistema”, diz trecho da nota.

Ainda segundo a secretaria, diante do alto número de profissionais que não compareceram no horário agendado na quarta-feira, a prefeitura decidiu fazer o contato com os hospitais para agilizar o fluxo da vacinação.

A SMS reforça que a vacinação não está aberta para procura direta. Neste momento apenas profissionais de saúde dos hospitais estão sendo imunizados. Devem comparecem ao local apenas os profissionais com agendamento e aqueles que forem comunicados por suas chefias para se deslocar ao centro de vacinação, seguindo os horários indicados“, afirmou a SMS em outra nota.

NÚMEROS DA PANDEMIA

No total, Curitiba recebeu mais de 40 mil doses: 23.160 da CoronaVac e  20.380 vacinas de Oxford/AstraZeneca.
A capital paranaense totaliza 26.493 casos e 2.585 mortes por covid-19.
A taxa de ocupação das UTIs é de 85%.
A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba aplicou 10.537 doses da Coronovac, vacina que imuniza contra o novo coronavírus.
Não estão computados os números da quinta-feira.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo