fbpx
Religião

Presidente Jair Bolsonaro defende liberdade durante Marcha para Jesus

O presidente Jair Bolsonaro participou neste sábado da Marcha para Jesus, que reuniu em Curitiba milhares de pessoas.

2Logo cedo, extensas filas foram registradas para a participação de reunião exclusiva com o presidente envolvendo lideranças empresariais, políticas e religiosas.

O presidente reiterou os compromissos com liberdade, família e a pátria, dizendo que o Brasil servirá de referência mundial para a paz.

Depois, do alto de caminhão de som integrou a marcha para Jesus que percorreu ruas de Curitiba.

Na Praça 19 de novembro, após orações de pastores, repetiu seu compromissos com valores e a defesa da liberdade.

O evento organizado por grupos evangélicos voltou a ser realizado na capital paranaense após dois anos.

A marcha havia sido interrompida em virtude da pandemia de covid-19. 

“Sabemos o quão importante é a liberdade de religião e de expressão em nosso Brasil”, afirmou Bolsonaro durante a marcha.

 “Hoje, todos nós daremos as nossas vidas pela liberdade. Esse é o bem maior de um país que se diz democrático. Essa é a razão maior de lutarmos por nossos objetivos. A liberdade é mais importante do que a própria vida, a história nos mostra isso”, acrescentou.

O presidente retornou a Brasília logo após a participação no evento e não tem outros compromissos oficiais neste fim de semana.

 

RATINHO JR – O governador Ratinho Junior participou da caminhada em um trio elétrico com o presidente Jair Bolsanaro, o prefeito Rafael Greca e outras autoridades.

Neste ano, o tema “A Alegria do Senhor é a Nossa Força” tomou conta das ruas da capital.

O evento é organizado pelo Conselho de Ministros Evangélicos do Paraná (Comep) e o Governo do Estado é um dos apoiadores.

“A Marcha para Jesus marca uma grande retomada da esperança de uma vida normal, após dois anos de muita dificuldade e sofrimento. A religião tem uma importância fundamental em confortar e levar uma palavra de solidariedade nesse momento em que muitas vezes predomina a intolerância. Sou muito agradecido pelo trabalho social das igrejas que acolhem as crianças, protegem as famílias, pela força da fé e pela solidariedade social”, ressaltou o governador.

TURISMO – Ratinho Junior explicou que a Marcha para Jesus faz parte do calendário oficial do Paraná, e que acontece todo terceiro sábado do mês de maio, atraindo turistas de diversas regiões do Estado e até mesmo de outras localidades.

“É um dos maiores eventos públicos do Paraná”, informou Ratinho Junior. O Governo do Estado reforçou o apoio logístico e das forças de segurança pública para a realização do evento.

Fiéis de várias igrejas evangélicas de Curitiba e Região Metropolitana se concentraram bem cedo na Praça Santos Andrade e depois marcharam até a praça Nossa Senhora do Salette, no Centro Cívico, onde um palco foi montado para shows de música gospel, orações e projetos sociais.

Neste ano, as igrejas evangélicas arrecadam kits de higiene pessoal, que serão distribuídos para refugiados no Paraná.

“O governador Ratinho Junior e o Governo do Estado são grandes parceiros e apoiadores da Marcha para Jesus, estando sempre presentes na realização desse grande evento. Trata-se de uma celebração de todas as denominações e comunidades evangélicas de Curitiba e do Paraná”, destacou o bispo Cirino Ferro, presidente do Comep.

“Depois de tanta tristeza, de perdas e sofrimento, agora podemos ir para as ruas e celebrar Deus e a vida com alegria e muita oração”.

SOLIDARIEDADE – Na 27ª edição da Marcha para Jesus foram arrecadados kits de higiene pessoal, que serão entregues aos refugiados no Paraná.

A ação social é coordenada pelas igrejas evangélicas, que já recebem os itens de necessidade básica.

O evento é organizado pelo Conselho de Ministros Evangélicos do Paraná (Comep) e a Prefeitura de Curitiba é uma das apoiadoras.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo