fbpx
Geral

Projeto quer punir comércio ilegal de cobre no Paraná

Os cidadãos brasileiros já estão habituados com crimes de temporada ou da moda: foi assim com o golpe do contato telefônico de pessoas que se passam por representantes do banco, o roubo de animais para posterior resgate, boletos fraudados, a gangue da marcha-à-ré, o manjado golpe do bilhete premiado.

A criatividade dos estelionatários é cada vez mais audaciosa, sutil e usa da Tecnologia para ludibriar clientes e pessoas comuns.

crime de furto de cabos de cobre não é uma novidade; ao contrário, sempre existiu e não raro os bandidos comprometem a circulação de trens e o funcionamento de semáforos, por exemplo – só para informar o leitor mais incauto sobre o impacto que a falta de fios causa em sua vida cotidiana.

O grande problema é que as proporções deste crime assumem níveis preocupantes.

O furto é nacional e a Polícia Militar de Curitiba já o inclui em algumas regiões da cidade como um dos problemas mais frequentes.

Capitão Baran, comandante da 3a Companhia, aponta a receptação como principal problema porque o comércio ilegal é abrangente.

O tema preocupa autoridades políticas e policiais e motivou na Assembleia Legislativa do Paraná projeto de lei que proíbe a aquisição, estocagem, comercialização, reciclagem, processamento e transporte de materiais sem a comprovação de origem.

romanelli e tercílio
Romanelli e Tercílio: dificultar comercialização de material roubado

O projeto dos deputados Luiz Claudio Romanelli ( PSD) e Tercílio Turini ( PSD) é analisado por comissões permanentes e pretende dificultar a comercialização dos materiais roubados de vias públicas, empresas e residências.

“O crime não se limita aos grandes centros. Está comum em cidades pequenas e de porte médio do Paraná, causando problemas à economia paranaense”, resume Romanelli, destacando que os custos são elevados para o poder público, comerciantes e chefes de família.

Além de cabos de rede elétrica, telefonia, tv a cabo e internet, o projeto cobra também a procedência de placas, adereços, esculturas e portas de túmulos feitos de cobre, bronze ou qualquer outro material oriundo de cemitérios.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo