fbpx
Cultura

Público lota o MuMa para ver obras do 1º Salão do Vidro

O público lotou o Museu Municipal de Arte (MuMa) no Portão Cultural, na noite desta terça-feira (21/6), para apreciar as obras selecionadas para o Salão Arte em Vidro Brasil 2022. A mostra curitibana se integra aos eventos oficiais da ONU (Organização das Nações Unidas) pelo Ano Internacional do Vidro e também à programação Inverno Curitiba 2022.

A exposição reúne 100 obras de 80 artistas vidreiros, representando a produção artística brasileira nas técnicas de vitrofusão, vidro soprado, mosaico em vidro e vitral. Estão representados oito estados (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e Espírito Santo) e o Distrito Federal.

Na seleção estão peças decorativas, mosaicos, vitrais e joias contemporâneas. Na solenidade de abertura foram anunciados os primeiros colocados de cada categoria, conforme avaliação feita por uma comissão julgadora formada por especialistas do Brasil, México e Argentina (relação de premiados abaixo).

A presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro, destacou o fato de Curitiba ser a primeira cidade brasileira a ingressar no circuito internacional de eventos do Ano Internacional do Vidro. “Agradecemos os artistas, palestrantes e organizadores pela iniciativa de brindar a cidade com esse projeto”, afirmou.

Para a artista plástica Desirée Sessegolo, idealizadora da mostra, o salão contribuirá para o desenvolvimento dessa arte no Brasil. “A mostra é uma iniciativa pioneira e uma oportunidade de as pessoas conhecerem e valorizarem o trabalho que vem sendo feito pelos artistas vidreiros no país”, disse Desirée.

Um dos convidados, o galerista, antiquário e artista belga-italiano Jean Blanchaert, que dirige na Itália uma galeria especializada em vidro, elogiou a mostra e adiantou que vai propor uma parceria entre Veneza e Curitiba para projetos de arte em vidro. Especialmente, em vidro soprado, uma técnica muito utilizada na Europa, mas pouco difundida no Brasil.

Blanchaert é um dos palestrantes do seminário sobre a arte e a história do vidro, com renomados artistas e curadores. As palestras são gratuitas e voltadas a artistas, estudantes, profissionais de arquitetura, decoração e design. Ele fará três palestras sobre Vidro Veneziano do Século XX, Vidro Contemporâneo Internacional e Vitrais de Catedrais Antigas e Contemporâneas.

MUMA curitiba
Público lota o MuMa para ver obras do 1º Salão do Vidro. Curitiba, 21/06/2022. Foto: Cido Marques

Ano Internacional do Vidro

Com esta mostra, Curitiba se insere no circuito das comemorações oficiais instituídas pela ONU em todo o mundo, para enfatizar a importância sustentável, cultural e econômica do vidro, o material mais puro e único 100% reciclável que existe. Exposições em diferentes países estão programadas para celebrar o passado, o presente e o futuro do vidro.

Inverno Curitiba

O Inverno Curitiba 2022 é uma iniciativa da Prefeitura para promover a cidade como destino turístico. Reúne atividades culturais, gastronômicas, de economia criativa, esporte e lazer, de sustentabilidade e inovação dos setores público e privado. A programação começa no dia 15 de junho, vai até 31 de julho e pode ser conferida no portal Inverno Curitiba.

Serviço: Salão Arte em Vidro Brasil 2022

Local: Museu Municipal de Arte/ Sala Célia Neves Lazzarotto – Portão Cultural (Av. República Argentina, 3.430)
Datas e horários: até 24 de julho de 2022. De terça-feira a domingo, das 10h às 19h
Entrada gratuita

PALESTRAS
22/6 – 19h – Venice Glass Week, com Cristine Baena
22/6 – 20h – Vidro Veneziano do Século XX, com Jean Blanchaert
23/6 – 19h – Vidro de Janela x Obra de Arte, com Jaqueline Noleto
23/6 – 20h – Vidro Contemporâneo Internacional, com Jean Blanchaert
24/6 – 19h – A Arte de Ser Invisível, com Loire Nissen
24/6 – 20h –Vitrais de Catedrais Antigas e Contemporâneas, com Jean Blanchaert

Premiados do Salão Arte em Vidro 2022

Escultura
1º: Andreia Almeida – Feminino
2º: VeraLu – Peso da Leveza
3º: Tata Pisani – Gotas Cadentes

Design
1º: Mariana Gusmao – Torii
2º: Vânia Ferreira – Centro de Mesa Preto e Âmbar

Joalheria Contemporânea
1º: Germana Arthuso – Movimento das Águas
2º: Vera Orsini, Movimento do Mar

Mosaico
1º Lugar: Denise Nissen – Papagaio

Vitral
1º: Cláudia Carvalho, Îacu-y Raízes I
2º: Leandro Lins, Cúpula de Tulipas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo