fbpx
Cidadania

Saiba como destinar parte do IR devido para projetos sociais

Pessoas físicas que têm Imposto de Renda a declarar podem destinar parte do valor devido aos fundos municipais da Criança e do Adolescente (FMCA) e da Pessoa Idosa (FMDPI). A destinação que não gera encargo pode ser abatida na declaração de ajuste anual que deverá ser apresentada à Receita Federal até o dia 31 de maio.

Com essa ação, o contribuinte garante que o dinheiro que seria pago ao governo federal seja aplicado no município. Os recursos são usados para custear projetos desenvolvidos por instituições, ou pela Prefeitura, que buscam a garantia de direitos de crianças, adolescentes e idosos em Curitiba.

Podem contribuir pessoas físicas que declaram o IR pelo formulário completo. Elas podem direcionar até 3% do imposto de renda devido diretamente no formulário de ajuste do Imposto de Renda anual.

As contribuições são encaminhadas para os fundos municiais da Criança e o Adolescente (FMCA) e da Pessoa Idosa (FMDPI). Todos os recursos destinados pelos contribuintes financiam projetos que são aprovados e fiscalizados pelos conselhos municipais de direitos das políticas afins (Comtiba e CMDPI), órgãos colegiados, formados por representantes da sociedade civil e do governo municipal.

Importância

“A destinação do Imposto de Renda ao FMCA é fundamental para financiar ações, projetos e programas voltados às crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social”, diz a presidente do Comtiba, Lidiane Oliveira Bonamigo de Sousa.

Lidiane destaca que os recursos beneficiam milhares de crianças e adolescentes curitibanos por meio de serviços nas áreas de assistência social, saúde, esporte, cultura.

“Desta forma, o cidadão curitibano estará contribuindo de forma significativa com o futuro dessas crianças e adolescentes, seja na prevenção ou mesmo na manutenção de serviços essenciais de proteção”, explica.

O presidente do CMDPI, José Araújo, destaca que a destinação do IR é fácil e rápida. “É uma ação que não custa nada para o contribuinte e traz benefícios para as pessoas idosas, que agradecem de todo o coração a generosidade”, diz.

Passo a passo

Fazer a destinação do Imposto de Renda é simples e rápido. Basta seguir o passo a passo, pagar o boleto e declarar a doação.
1º – Calcule o valor aproximado do imposto devido.
Utilize como base os anos anteriores. Na dúvida, fale com seu contador.

2º – Vamos a doação?
Para começar é só acessar os links:
https://fas.curitiba.pr.gov.br/formulariodoacao.aspx?fundo=2849423 (para destinar a projetos que atendem crianças e adolescentes)
https://fas.curitiba.pr.gov.br/formulariodoacao.aspx?fundo=2852498 (para projetos voltados para pessoas idosas)

3º – Preencha o boleto
Escolha pessoa física, preencha o valor calculado e a data do pagamento. É possível escolher os fundos municiais da Criança e do Adolescente ou da Pessoa Idosa ou projetos de entidades.

4º – Pague o boleto e declare a doação
Efetue o pagamento da guia e declare a doação.
O recibo será enviado para o email informado no momento da emissão do boleto.

Os interessados podem buscar mais informações nos sites www.ircriancas.com.br e www.idososcuritiba.com.br.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo