fbpx
Empreendedorismo

Um terço dos vendedores brasileiros da Shopee começaram a vender online no app

Levantamento também aponta que 30% dos empreendedores locais têm a plataforma como principal fonte de renda

São Paulo, 8 de julho de 2024 – Shopee, marketplace que conecta vendedores e consumidores, realizou uma pesquisa in-app* com lojistas brasileiros para entender o impacto da plataforma em seus negócios. Segundo os empreendedores locais da Shopee participantes, suas empresas geram oportunidades de emprego para 1,3 milhão de pessoas no país, sendo que 25% deste total trabalham exclusivamente para atender as vendas na plataforma.

“Em 2024, completamos quatro anos desde que os vendedores brasileiros começaram a vender na Shopee. Neste curto período, já transformamos a vida de milhões de pessoas que vendem em nosso marketplace e em todo o ecossistema ao redor deles. Vamos continuar a contribuir para que ainda mais brasileiros possam criar e alavancar os seus negócios no e-commerce”, diz Felipe Lima, head de desenvolvimento de negócios na Shopee.

A pesquisa, que foi idealizada com apoio da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), também reforçou a importância da empresa como porta de entrada para a digitalização e crescimento dos empreendedores nacionais. “Os resultados mostram que os marketplaces são poderosas ferramentas para o empreendedorismo no Brasil e a Shopee tem contribuído para essa inclusão digital do pequeno empreendedor”, diz Maurício Salvador, presidente da ABComm.

Impulsionando o empreendedor local

Atualmente, a Shopee possui mais de 3 milhões de lojistas brasileiros registrados e 90% das vendas são de vendedores locais. De acordo com os entrevistados, 1 em cada 3 vendedores locais encontrou no marketplace sua primeira oportunidade para vender online e 40% deles expandiu a sua operação após começar a vender na plataforma. Os dados também apontam que a plataforma representa a principal fonte de renda para cerca de 30% dos vendedores brasileiros e a maior fatia de faturamento para 35% dos negócios locais.

Feito no Brasil

O impacto da Shopee na economia local vai além das vendas, se estendendo também a cadeia produtiva nacional. Mais de 80% dos entrevistados afirmaram vender produtos produzidos no Brasil. “Somos uma plataforma de brasileiros para brasileiros. Nosso foco é apoiar a economia no país e oferecer recursos para que os empreendedores possam crescer e prosperar online, causando um impacto positivo não apenas em seus negócios, mas também em suas comunidades”, explica Lima.

A Kokeshi Cosméticos, empresa com produção no interior de São Paulo, se destaca como exemplo do impacto da Shopee na economia local. Presente desde 2020 na plataforma, a marca impulsionou o seu negócio com as ferramentas e recursos do marketplace, atingindo resultados expressivos e elevando o negócio para o nível nacional. Logo na sua primeira Shopee live no app, a Kokeshi recebeu 23 milhões de curtidas e, atualmente, conta com uma base de consumidores que acompanham as suas lives de todo o Brasil. Em poucas horas de transmissão, as suas lives geram um faturamento equivalente a dois dias de vendas.
Raio-X do empreendedor brasileiro da Shopee

O levantamento também mapeou o perfil do empreendedor na plataforma, revelando que mais de 40% deles possuem curso superior, mais de 65% vendem apenas de forma online e mais de 60% empreendem a menos de três anos. Nesse pequeno período, a Shopee já teve um grande impacto nas suas vidas. Cerca de 80% declararam ter realizado uma grande conquista após começar a vender na Shopee, como comprar ou reformar um imóvel, investir em educação, entre outros. Além disso, 1 a cada 3 lojistas deu um passo rumo à independência financeira ao conseguir guardar ou investir parte da sua renda após empreender no marketplace.

As mulheres empreendedoras têm se mostrado uma potência crescente na plataforma, representando mais de 50% dos lojistas com venda nos últimos 12 meses. A pesquisa ainda mostra que mais de 30% delas passaram a empreender por meio da Shopee.
Iniciativa Mulher do Ano Shopee

No dia 20 de junho, o marketplace lançou, em parceria com a Rede Mulher Empreendedora (RME), o Mulher do Ano Shopee – edição vendedoras, para celebrar as mulheres empreendedoras que se destacam na plataforma, além de reconhecer o talento, o desempenho e o crescimento das lojistas brasileiras.

Todas as mulheres empreendedoras que vendem na Shopee, sejam proprietárias e/ou atuem em cargo de liderança (CEO) de suas lojas e com vendas ativas nos últimos seis meses, podem participar. As inscrições estão abertas até 31 de julho, por meio da página: shopee.com.br/m/mulher-do-ano-shopee.

O evento para anunciar as vencedoras será realizado em novembro e destaca 15 mulheres em três categorias diferentes, que medem transformação digital, impacto social e performance.

*A pesquisa foi conduzida pelo app da Shopee e direcionada a vendedores brasileiros com vendas nos últimos 12 meses (entre maio de 2023 a abril de 2024). Para garantir a representatividade nos resultados, o método utilizado foi o balanceamento da base amostral e a extrapolação dos dados obtidos.
Sobre a Shopee

A Shopee é um marketplace que conecta vendedores e consumidores em uma experiência de compra fácil, segura e divertida. Lançada em 2015 em Singapura, a Shopee chegou ao Brasil em 2019 e, atualmente, conta com uma equipe de mais de 10 mil funcionários e dois escritórios na cidade de São Paulo. A empresa possui 11 centros de distribuição e mais de 100 hubs logísticos por todo o país, para atender as vendas dos seus mais de 3 milhões de vendedores brasileiros, que hoje são responsáveis por 90% das transações da plataforma.

A Shopee tem como compromisso ajudar marcas e empreendedores locais a se digitalizarem e terem sucesso no comércio eletrônico, contribuindo para a economia do país. A plataforma faz parte da Sea Limited (NYSE: SE), líder global de internet para consumidores, cuja missão é melhorar a vida dos consumidores e pequenas empresas com tecnologia por meio de seus três negócios principais: Shopee, Garena e SeaMoney.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo