GeralReligião

Comunidade Judaica comemora Chanuka, a festa das luzes

A comunidade judaica está em festa.

É tempo de Chanuka, a festa das luzes.

No mesmo momento judeus do mundo inteiro acendem o candelabro com oito velas (Chanukya).

Em Curitiba, há 26 anos a festa das luzes é comemorada na Praça 29 de Março, no bairro Mercês.

No entardecer desta terça-feira (30) o prefeito Rafael Greca acendeu a primeira luz do grande candelabro colocado junto à fonte da praça.

A festa que tem duração de oito dias começa no pôr-do-sol do 24º para o 25º dia do mês judaico de kislev, nono mês do calendário hebraico que equivale aos meses de novembro e dezembro.

chanucá judaica pessoas
foto Pedro Ribas – SMCS

“É com grande alegria que nos reunimos para celebrar mais uma festa de luz. A Luz nasceu para brilhar em lugar alto. A luz que cria o dia e ilumina as noites e que nos move com a esperança, seja a luz que iluminará a nossa cidade no ano que se inicia”, disse o prefeito, que estava acompanhado dos rabinos Yossef Y. Dubrawiski, Menach Mendel Labcoviski e Menach Mendel Stolik.

O presidente da Comunidade Israelita do Paraná, David Chain Bergman, explica que Chanuká é a luz sobre a escuridão, procurando trazer esperança e alegria.

“Historicamente foi um período no qual tiraram dos judeus a possibilidade de festejos e de estudar a Torá (livro judaico). Num destes momentos, sobrou apenas um frasco de óleo que daria para um dia, mas que durou 8 dias, esse é o grande milagre da Chanuká”, conta David.

Depois de acesa a primeira vela (chamashi) as demais vão sendo acesas até o 8º dia. Famílias se juntam à comunidade, crianças ganham presentes e são servidos os latkes (bolinho de batata frito) e os sufganyots (sonhos recheados).

Também participaram Eduardo Pimentel, vice-prefeito de Curitiba; Ana Cristina de Castro, presidente da Fundação Cultural de Curitiba; Isac Baril, presidente da Federação Israelita; Marcos Slud, presidente do Bert Chabat; David Knoptolt, idealizador da Chanuka na Praça 29 de Março; Leandro Knopholtz, presidente da escola Israelita; Pier Petruzzielo, líder do governo na Câmara; Rodolpho Zanin Filho, coordenador internacional, Rafaela Lupion, administradora da Regional Matriz, e Carlos Celso dos Santos Junior, superintendente da Guarda Municipal.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo