fbpx
GeralReligião

Dom Peruzzo pede que padres, ministros e diáconos se coloquem à disposição das famílias enlutadas no Dia de Finados

Em carta direcionada a padres, diáconos e ministros, o Arcebispo Metropolitano, Dom José Antonio Peruzzo, pede que padres, diáconos e ministros (MESCs) se revezem em turnos nos cemitérios da Arquidiocese para rezar com as famílias que visitarem os túmulos de seus entes já falecidos no Dia dos Fiéis Defuntos, popularmente chamado de “Dia dos Finados”.

Iniciativa semelhante foi organizada nesta data no ano de 2019, o que foi considerado por Dom Peruzzo como uma “bela experiência pastoral”.

“Em diferentes turnos lá estavam, em lugar de destaque e bem identificados, diáconos e ministros, disponíveis para acompanhar as famílias até o túmulo e com eles rezar. A iniciativa foi muito interessante e efetiva. As famílias sentiram a proximidade da Igreja face a uma realidade que lhes causou ou ainda causa muito sofrimento. Os testemunhos são abundantes”, destaca o arcebispo, na carta encaminhada aos sacerdotes nesta quarta-feira, 27 de outubro.

Dom Peruzzo orienta ainda que os líderes católicos tomem todos os cuidados em relação ao Covid-19.

“Embora a pandemia ainda esteja presente, já ficou para trás aquele tempo de grandes riscos. De alguma maneira, observando-se os cuidados, já podemos celebrar com mais pessoas. Vale também lembrar que muitas das nossas famílias nem puderam celebrar os funerais daqueles que amavam. Segue, pois, que as celebrações da Comemoração de todos os Fiéis Defuntos requerem grande esmero e profundidade”, salienta.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo