fbpx
Geral

Nota Paraná tem R$ 171 milhões de reais para transferir a 1,4 milhão de consumidores

Além dos sorteios mensais, o Nota Paraná, programa vinculado à Secretaria da Fazenda, também devolve valores em créditos para os contribuintes cadastrados.

Aproximadamente 1,4 milhão de consumidores possuem saldo disponível para saque, com valor igual ou acima de R$ 25, e podem transferir os seus créditos para uma conta bancária.

Esse é o valor mínimo estipulado para realizar a operação de transferência para o banco.

No saldo pelo app e no site do programa é possível conferir os valores acumulados disponíveis e realizar a transferência para a conta cadastrada.

Ao todo, mais de R$ 171 milhões podem ser sacados pelos consumidores – alguns têm valores acima de R$ 2.000,00. 

Os créditos do Nota Paraná podem ser depositados em contas do titular de qualquer banco do Sistema Financeiro Nacional, desde que não seja Bolsa Família, Cartão Cidadão, Conta Fácil, Conta Benefício e Conta Salário.

O programa devolve ao consumidor parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de acordo com

É o faturamento das empresas, sendo 15% para pequenas e 5% para grandes.

É com este imposto que o Nota Paraná realiza os cálculos para determinar o valor a ser restituído aos paranaenses.

Apenas neste ano, R$ 112,7 milhões em créditos foram devolvidos aos paranaenses. Para conseguir um volume maior de créditos, os contribuintes devem sempre pedir o CPF na nota fiscal durante as compras e, assim que alcançar o valor mínimo, fazer o resgate.

É importante realizar a conferência de valores no saldo e não perder o prazo máximo de 12 meses.

CRÉDITOS –

O cálculo do crédito de cada nota fiscal é feito sempre no terceiro mês após a compra.

Por exemplo, as compras efetuadas em abril/2022 serão calculadas em julho/2022, e assim sucessivamente.

Esse é o prazo para que as informações necessárias para o cálculo dos créditos cheguem à Secretaria da Fazenda.

Para acumular créditos basta pedir ao estabelecimento comercial que registre o CPF ou CNPJ no documento fiscal.

Após a liberação pela Secretaria de Fazenda, o consumidor poderá selecionar uma das opções de utilização dos créditos disponíveis no sistema.

Mas, para resgatá-los, é necessário o cadastramento no portal do Nota Paraná.

Confira a quantidade de pessoas com valores disponíveis:

1,37 milhão de consumidores – R$ 25 a R$ 200

69 mil consumidores – R$ 200 a R$ 2.000,00

685 consumidores –  Acima de R$ 2.000,00

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo