fbpx
Turismo

Parque das Aves já e a segunda opção de turismo mais visitada em Foz do Iguaçu

O atrativo seguiu todas as normas sanitárias de distanciamento social

Para um período de pandemia e retomada da atividade, o número é considerado positivo
O Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, recebeu 8.274 visitantes no feriadão da virada do ano de 2021, que foi do dia 31 de dezembro a 3 de janeiro – foram 7.388 pessoas apenas nos primeiros 3 dias do ano.
No Natal, 11.551 pessoas estiveram no Parque das Aves, que agora conta com restaurante e mesas espaçadas por causa da pandemia, além de banheiros
A visitação superou a expectativa inicial de 7 mil turistas e respeitou a lotação máxima de até 3.500 pessoas por dia, deixando o atrativo mais visitado de Foz do Iguaçu, depois das Cataratas, bastante movimentado.
Os números são menores do que no passado por causa da limitação diária.
Por questões de segurança, a lotação não superou o movimento dos anos anteriores nesse período. Ao longo da trilha de cerca de 2 quilômetros, monitores reforçaram o uso de máscaras e distanciamento social para apreciar aves da Mata Atlântica.
O Parque investiu bastante em infraestrutura adequada para receber os turistas da melhor forma possível.
Além de seguir rigorosamente todos os protocolos de distanciamento social contra o Covid-19 estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu, o atrativo montou uma barreira sanitária, com tapete sanitizante, limpeza extra em itens de toque e estações de álcool em gel.
FAMÍLIA
O passeio é para toda família. São cinco viveiros de imersão, onde o visitante fica bem pertinho de diversas aves.
O destaque fica com o Viveiro das Araras, que foi totalmente repaginado, o Borboletário, onde o visitante pode observar coloridas borboletas, e o Viveiro Cecropia, onde é possível alimentar periquitos de resgate por um valor extra de R$ 10 por pessoa. Além disso, o turista pode bater um papo com um dos educadores ambientais espalhados pelas trilhas do Parque.
RESTAURANTE 

O Restaurante Sabores da Floresta, que fica dentro do Parque das Aves, está promovendo experiências gastronômicas com sabores e combinações diferentes.

São opções de pratos a la carte, lanches e várias porções, todos temperados com plantas silvestres, com opções vegetarianas, além de sucos com frutas da estação e chopp artesanal.
A sensação é multissensorial.
Ao se deliciar entre as diversas opções de saladas, hambúrgueres, comidas típicas ou porções, o visitante do Parque se envolve na cultura ligada à comida.
O Parque introduziu plantas alimentícias não convencionais (PANCs) ao cardápio, como ora-pro-nóbis, taioba, azedinha, entre outras ervas silvestres comestíveis ricas em nutrientes.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo